segunda-feira, 4 de julho de 2016

Evangelho do Dia (04/07/2016)



Evangelho do Dia (04/07/2016) - Mt 9,18-26*:

"Enquanto lhes explicava isso, aproximou-se um funcionário, prostrou-se e lhe disse:
- Minha filha acaba de morrer. Mas vem, põe a mão sobre ela, e recobrará a vida.
Jesus levantou-se e o seguiu com seus discípulos. Entretanto, uma mulher que estava há doze anos sofrendo de hemorragias, aproximou-se por trás, e tocou a orla do manto dele. Pois dizia: só com tocar seu manto, ficarei curada. Jesus voltou-se e, ao vê-la, disse:
- Ânimo, filha! Tua fé te curou.
No mesmo instante a mulher ficou curada. Jesus entrou na casa do funcionário e, ao ver os flautistas e o barulho de gente, disse:
- Retirai-vos, a menina não está morta, mas adormecida.
Riam-se dele. Mas, quando retiraram as pessoas, ele entrou, tomou-a pela mão, e a menina se levantou. O fato se divulgou por toda a região.

Nossa reflexão de hoje nasce da constatação de que Jesus de Nazaré está a caminho. E no caminho as pessoas se aproximam dele pedindo sua ajuda. Nesse encontro acontece o contato. Jesus toca, se deixa tocar. É o milagre do encontro, do respeito e do diálogo. O primeiro milagre realizado prepara o segundo, a cura de uma doença incurável, a ressurreição de uma defunta. Em ambos os casos, o contato com Jesus e a fé são os fatores decisivos. O funcionário acredita que mesmo a morte esteja sob a autoridade de Jesus. A mulher com hemorragia acredita que mesmo a doença esteja sob a autoridade de Jesus. O encontro corporal com Jesus é promotor da vida plena. As hemorragias estavam ligadas às regras de pureza. A mulher com seus doze anos de sofrimento, está representando o Israel histórico, em estado de permanente impureza, por isso, legalmente impossibilitado de viver com plena dignidade a boa nova do reino. A vida que emana de Jesus através do manto cura a mulher. Aqui se entende o significado desse verbo curar: livrar de doenças, restaurar a saúde, preservar do pecado, conseguir a salvação. O ato de salvação não é um espetáculo público. Ele toma a menina pela mão e ela se levanta. O verbo levantar é usado pelas comunidades para a ressurreição de Jesus. O encontro com Jesus, o tocar nele, o deixar-se tocar por ele produz libertação.

Emerson Sbardelotti

*BÍBLIA DO PEREGRINO. 2.ed. São Paulo: Paulus, 2005.

** Arte: Centro Ecumênico de Serviços à Evangelização e Educação Popular.

2 comentários:

Manoel nerys de Almeida disse...

Parabéns amigo! Precisamos evidenciar cada vez mais a figura do cristo-povo-irmão, que encontra, que chega perto, que caminha do lodo dos pequenos para que Ele seja experienciado pelo nosso povo que hoje bebe demasiadamente de uma visão midiática da fé em Cristo. É muita distorção do evangelho em nome de uma teologia neoliberalista que destrói toda forma de libertação dos pobres do Reino. Muita luz, irmão!!

Poeta Emerson disse...

Obrigado Manoel. Sigamos fazendo o bem não importando a quem.

Emerson Sbardelotti