domingo, 15 de junho de 2008

ESPIRITUALIDADE E MÍSTICA I

ESPIRITUALIDADE E MÍSTICA I

A Pastoral da Juventude trabalha a espiritualidade e a mística dos grupos de base a partir da realidade em que estão inseridos: uma realidade pé no chão!
O que diferencia a espiritualidade e a mística da PJ da dos Movimentos Religiosos?
Os Movimentos Religiosos trabalham a espiritualidade e a mística sem um compromisso com a realidade do grupo de jovens, com o que esteja acontecendo ao redor, é uma espiritualidade e mística de fora para dentro da Igreja, de portas fechadas!
A PJ trabalha a espiritualidade e a mística a partir da experiência do(a) jovem, na base, no bairro, no município, no estado, no país, no continente e no mundo, um abraço no Planeta Terra como ser vivente, leva em consideração tudo o que acontece ao redor, é mística e espiritualidade da libertação, começa de dentro para fora da Igreja, sempre de portas abertas, como nos pede sempre o Papa Francisco.

A palavra espiritualidade tem sua raiz na palavra ESPÍRITO (ruah - em hebraico - Gn 2,7).
A palavra mística tem sua raiz na palavra MISTÉRIO (mysterion - em grego - Mc 4,11; 1Cor 2,1.7; Cl 1,27; Ef 1,9).

Espírito e Mistério são palavras que se completam, e no nosso caso, estão estritamente ligadas ao Mistério Pascal de Jesus e ao Espírito Santo de Deus que nos impulsiona e encoraja na caminhada cotidiana, de conversão, de recuos e avanços.
Espiritualidade e mística, se não forem sentidas e bem usadas, se tornam fuga.
E o que mais acontece hoje em dia é a fuga.
A juventude se deixa induzir por várias correntes de pensamento, pela mídia, pelos Movimentos Religiosos a não mais assumir compromissos no campo político e social, em não mais defender a justiça e anunciar a vida. É uma juventude que prefere esperar no seu canto, alienada, erguendo e balançando as mãos, que outros jovens e até mesmo, os adultos, resolvam por eles, problemas que possam surgir, na maioria das vezes, transferem para Deus esta responsabilidade. É a fuga!

MAS AFINAL, ,O QUE É ESPIRITUALIDADE E MÍSTICA?

O teólogo Leonardo Boff parafraseando Sua Santidade, O Dalai Lama diz: "Espiritualidade é aquilo que produz dentro de nós uma mudança. O ser humano é um ser de mudanças..."

Tenho dito nos grupos em que presto assessoria que: "Mística é o fio condutor, uma linha invisível que une a memória e os sonhos, que une a história e a utopia, que une o passado e o futuro e que faz do presente uma grande festa. Uma grande celebração".

Seguindo os passos de Jesus, tento lançar as redes em águas mais profundas e ousando olhar para a frente, penso em um Programa de Espiritualidade e Mística que aborde:

PROJETO 01: FORMAÇÃO E VIVÊNCIA BÍBLICA E LITÚRGICA.

* Incentivar o uso da Bíblia (primeiro a de linguagem popular pastoral depois a de estudo).
* Realizar o método da Leitura Orante da Bíblia.
* Incentivar e fortalecer a formação sistemática, aproveitando as experiências.
* Realizar escolas, oficinas, encontros em parceria com entidades como o CEBI e a REDE CELEBRA.

PROJETO 02: EXPRESSÕES E VIVÊNCIAS DA ESPIRITUALIDADE E DA MÍSTICA.
* Celebrar a memória dos mártires e das lutas populares.
* Incentivar e valorizar o Ofício Divino das Comunidades (com grupos de jovens: Ofício Divino da Juventude).
* Preparar e realizar acampamentos juvenis inspirados em temas bíblicos.

PROJETO ESPECÍFICO:
PROJETO O1:
* Formação Litúrgica (incentivar a continuação das escolas litúrgicas e outras atividades: oficinas, cursos).

PROJETO O2:
* Formação Bíblica (divulgar e fortalecer as escolas bíblicas, organizar cursos referentes ao estudo de introdução ao Primeiro e Segundo Testamento, para iniciantes e para quem está na caminhada.

Mas quais são os passos para fazer um itinerário na espiritualidade e na mística da PJ?


* Primeiro passo: FAZER SILÊNCIO.
- O(a) jovem deve perceber que é no silêncio que Deus se revela a nós e nós nos revelamos a Ele; entender que ao calarmos nossas vozes interiores e exteriores, todo o nosso ser se cala e aguçam-se nossos sentidos na escuta daquele que vem.

* Segundo passo: PEDIR HUMILDEMENTE A AJUDA DO ESPÍRITO SANTO.
- É necessário pedir ao Pai que mande o seu Espírito. Pois, sem esta ajuda do Espírito de Deus, não é possível descobrir o sentido que a Palavra de Deus tem para o seu povo hoje.

* Terceiro passo: A LEITURA ORANTE DA BÍBLIA.
O(a) jovem deve subir os degraus:
- primeiro degrau: A LEITURA - o que o texto diz em si?
- segundo degrau: A MEDITAÇÃO - o que o texto diz para mim, para você?
- terceiro degrau: A ORAÇÃO - o que o texto me faz dizer a Deus?
- quarto degrau: A CONTEMPLAÇÃO - ver o mundo em que vivemos com os olhos de Deus, saboreando o jeito de ser e agir de Deus; o quanto Ele é bondoso e o que faz para nós.

* Quarto passo: A REZA DO OFÍCIO DIVINO DAS COMUNIDADES.

* Quinto passo: O CONTATO COM A LITERATURA ESPECIALIZADA SOBRE O TEMA .
- Indico algumas obras importantes para o crescimento pessoal e grupal:

BOFF,Leonardo. Espiritualidade - Um Caminho de Transformação. 2a. ed. Rio de Janeiro: Sextante, 2001.
BOFF,Leonardo, BETTO,Frei. Mística e Espiritualidade. 4a. ed. Rio de Janeiro: Rocco, 1994.
CASALDÁLIGA,Pedro, VIGIL,José Maria. Espiritualidade da Libertação. 4a. ed. Rio de Janeiro: Vozes, 1996.
CASALDÁLIGA,Pedro. Juventude com Espírito. São Paulo: CCJ, 1996.
___________________. Nossa Espiritualidade. São Paulo: Paulus, 1998.
GALILEA, Segundo. Caminho de Espiritualidade. São Paulo: Paulus, 1981.
GUTIÉRREZ,Gustavo. Beber em seu próprio poço. São Paulo: Loyola,2000.
SBARDELOTTI, Emerson. Espiritualidade da Libertação Juvenil. São Leopoldo: CEBI, 2015.
TAVARES, Emerson Sbardelotti. O Mistério e o Sopro - roteiros para acampamentos juvenis e reuniões de grupos de jovens. Brasília: CPP, 2005.

Emerson Sbardelotti
Mestre em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

2 comentários:

Paulo Vitor Patalo disse...

olá Caro Emerson...é com muita alegria que lhe escrevo, muito grato por esta diaconia que tu fazes... parabéns pelo teu blog, que irradia cultura, espiritualidade, Reino...
obrigado por este serviço que prestas ao povo de Deus e à juventude...

irmão paulo

Poeta Emerson disse...

Paulo, obrigado pelas palavras e continue na luta pela defesa da vida hein.
Força sempre.
Emerson Sbardelotti